Miostenil®
Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica

Miostenil®

Fadiga muscular, cãibras | Medicamento Não Sujeito a Receita Médica Dispensa Exclusiva em Farmácia

  • MIOSTENIL®
Aspartato de magnésio e Aspartato de potássio
  • Indicações Terapêuticas
  • Contraindicações
  • Precauções/Advertências Especiais

Este medicamento está indicado no tratamento dos sintomas de fadiga muscular e cãibras associadas ao défice de magnésio e potássio. Está ainda indicado nos desportistas para facilitar a recuperação da capacidade muscular após o exercício físico violento.

Folheto Informativo Miostenil

Este medicamento está contraindicado em doentes com insuficiência renal grave ou hipersensibilidade às substâncias ativas ou a qualquer um dos excipientes.

O uso do Miostenil deverá restringir-se a doentes adultos (dada a ausência de dados noutros grupos etários).

A quantidade de potássio administrada em cada dose diária é pequena. Em qualquer caso, a dose deve ser reduzida em doentes com insuficiência renal.

Este medicamento contém 7 mg de óleo de rícino hidrogenado por comprimido. Pode causar distúrbios no estômago e diarreia.

Nome do medicamento: MIOSTENIL 250 mg + 250 mg comprimidos. Composição qualitativa e quantitativa: Cada comprimido contém 250 mg de aspartato de magnésio e 250 mg de aspartato de potássio. Excipiente(s) com efeito conhecido: Óleo de rícino hidrogenado - 7mg por comprimido. Forma farmacêutica: Comprimidos de cor branca, circulares, biconvexos, gravados «BIAL» numa face e lisos na outra. Indicações terapêuticas: MIOSTENIL está indicado no tratamento dos sintomas de fadiga muscular e cãibras associadas à hipomagnesemia e hipocaliemia. Está ainda indicado nos desportistas para facilitar a recuperação da capacidade muscular após o exercício físico violento. Posologia e modo de administração: Para adultos, a dose mais recomendada é, em média, 3 ou 4 comprimidos por dia. A dose máxima diária é 4 comprimidos. Contraindicações: Hipersensibilidade às substâncias ativas ou a qualquer um dos excipientes. Insuficiência renal grave. Efeitos indesejáveis: O medicamento é, em geral, bem tolerado. Os efeitos indesejáveis são: Doenças gastrointestinais (Pouco frequentes: ≥1/100, <1/10), nomeadamente: fenómenos dispépticos moderados, que não impedem a continuação da terapêutica. Data da revisão do texto: 03/2017. Apresentação: Caixa com 60 comprimidos. Medicamento não sujeito a receita médica de dispensa exclusiva em farmácia. Não comparticipado. Para mais informações deverá contactar o titular da AIM: BIAL - Portela & C.ª S.A., À Av. da Siderurgia Nacional - 4745-457 S. Mamede do Coronado - Portugal • NIPC 500220913. DIDSAM170928