Uma referência no apoio à investigação científica

A Fundação BIAL foi constituída em 1994 pelos Laboratórios BIAL, em conjunto com o Conselho de Reitores das Universidade Portuguesas, com a missão de incentivar o estudo científico do ser humano saudável, tanto do ponto de vista físico como espiritual. É gerida por representantes das duas instituições.

Ao longo dos anos, a Fundação BIAL tem desenvolvido uma relação de proximidade com a comunidade científica, primeiro em Portugal e, depois, no mundo. É atualmente uma instituição de referência, particularmente no âmbito da investigação em Neurociências, que visa estimular descobertas que beneficiem as pessoas, proporcionando mais saúde e permitindo alcançar novos patamares no conhecimento.

No seu leque de atividades a Fundação BIAL assume a gestão do Prémio BIAL de Medicina Clínica, criado em 1984, focado na distinção e enaltecimento da investigação básica e clínica, o qual distinguiu, ao longo de 18 edições, 102 obras de grande repercussão na medicina, afirmando-se como um galardão de grande significado na área da Saúde. Pelo menos um dos candidatos tem de ter nacionalidade de um país de expressão portuguesa. Em 2017, a Fundação BIAL, com o intuito de alargar o seu âmbito de atuação e de reconhecer o que de mais notável e relevante tem sido descoberto na área biomédica, criou o BIAL Award in Biomedicine, que passará a ser atribuído, a partir de 2019, em anos alternados com o Prémio BIAL de Medicina Clínica. As candidaturas são submetidas pelos membros do Júri, por alguns Órgãos Sociais da Fundação e por Sociedades Científicas.

A Fundação BIAL promove igualmente concursos de Apoios Financeiros a Projetos de Investigação Científica orientados para o estudo neurofisiológico e mental do ser humano, nas áreas da Psicofisiologia e da Parapsicologia. Neste âmbito, a Fundação BIAL já apoiou 692 projetos, envolvendo cerca de 1500 investigadores e centros de investigação de 25 países. Desde 1994 até março de 2018 o trabalho financiado pela Fundação BIAL resultou na publicação de 1260 artigos, dos quais 910 em revistas indexadas e 749 em revistas com fator de impacto. Quase metade dos artigos foram publicados em revistas pertencentes ao primeiro quartil (Q1) na sua respetiva área científica. Em março de 2018, 756 artigos foram, em média, citados 17 vezes e 113 artigos ocupavam o top 10% de publicações mais citadas, quando comparando com o número de citações recebidas por artigos publicados no mesmo ano e na mesma área científica.

Os resultados do estudo da produção científica dos projetos de investigação apoiados foram  apresentados no 12º Simpósio da Fundação BIAL, que decorreu no Porto de 4 a 7 de abril de 2018, e podem ser consultados aqui
A Fundação BIAL também tem uma base de dados a que a comunidade científica e o público em geral pode ter acesso aqui.

Em 1996 a Fundação BIAL começou a organizar os Simpósios “Aquém e Além do Cérebro” que, desde então, reúnem, bianualmente, a elite científica internacional nas áreas das Neurociências e da Parapsicologia, bem como vários dos investigadores, espalhados pelo mundo, que desenvolvem projetos financiados pela Fundação.

Instituição sem fins lucrativos e de utilidade pública, a Fundação BIAL conta com os altos patrocínios do Presidente da República, do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e da Ordem dos Médicos.

Factos sobre a Fundação BIAL

Órgãos Sociais

Quadriénio 2018 - 2021

Conselho de Administração

Órgãos Sociais
Luís Portela
Presidente
Órgãos Sociais
Daniel Bessa

Órgãos Sociais
Nuno Sousa

Órgãos Sociais
Miguel Portela

Órgãos Sociais
Pedro Teixeira

Comissão Executiva

Luís Portela
Presidente
Daniel Bessa

Nuno Sousa

Conselho Fiscal

Júlio Pedrosa de Jesus
Presidente
Nuno Amado

Ernst & Young Audit & Associados - SROC, S.A.,
representado pelo Dr. João Carlos Miguel Alves

Conselho Científico

Fernando Lopes da Silva
Amesterdão e Lisboa, Presidente

Osborne Almeida
Munique

Carlos Alvarado
Nova Iorque

Mario Beauregard
Arizona

Daryl Bem
Cornell

Fabrizio Benedetti
Turim

Dick Bierman
Amesterdão

Niels Birbaumer
Tubinga

Olaf Blanke
Lausana

Jason Braithwaite
Lancaster

Richard Broughton
Northampton

Etzel Cardeña
Lund

James Carpenter
Carolina do Norte

Miguel Castelo-Branco
Coimbra

Alexandre Castro-Caldas
Lisboa

Axel Cleeremans
Bruxelas

António Coimbra
Porto

Lorenza Colzato
Leiden

Rui Costa
Nova Iorque e Lisboa

Hugo Critchley
Brighton e Sussex

John Cryan
Cork

Rodrigo Cunha
Coimbra

António Damásio
Los Angeles

Hanna Damásio
Los Angeles

Ronald de Kloet
Leiden

Paul Enck
Tubinga

Peter Fenwick
Londres

Rainer Goebel
Maastricht

Bruce Greyson
Virgínia

Morten Kringelbach
Oxford

Stephen LaBerge
Stanford

Steven Laureys
Liège

Antoine Lutz
Lyon

Julia Mossbridge
Evanston

Rui Mota Cardoso
Porto

Craig Murray
Lancaster

Catarina Resende Oliveira
Coimbra

Morten Overgaard
Aarhus

Joana Palha
Minho

Dean Radin
Califórnia

Amir Raz
Montreal

João Relvas
Porto

Sidarta Ribeiro
Rio Grande do Norte

Christopher A. Roe
Northampton

Stefan Schmidt
Friburgo e Frankfurt (Oder)

Gary Schwartz
Tucson

Alcino Silva
Los Angeles

Mário Simões
Lisboa

Peter St. George-Hyslop
Toronto

Robert Stickgold
Harvard

Jessica Utts
Irvine

Eus Van Someren
Amesterdão

Rufin VanRullen
Toulouse

Caroline Watt
Edimburgo

Menno Witter
Trondheim

Robin Wooffitt
Iorque

Serviços de Apoio

Paula Guedes
Secretária Geral
paula.guedes@bial.com
Sylvie Marinho
Gestora de Apoios e Projetos
sylvie.marinho@bial.com

Documentos Institucionais

Contactos

Morada
Fundação BIAL
À Av. da Siderurgia Nacional
4745-457 Coronado (S. Romão e S. Mamede)
Portugal
Tel.: +351 22 9866150/00
Fax: +351 22 9866199
www.fundacaobial.com

fundacao.bial@bial.com